Com 13 anos Rayssa Leal se torna a mais nova medalhista olímpica da história do Brasil

A garota brasileira Rayssa Leal conquistou, neste domingo (25), a medalha de prata no skate street, nos jogos olímpicos de Tóquio 2020. A garota somou 14.64 na classificação geral, ficando atrás apenas da japonesa Momiji Nishiya, de 14 anos.

A “Fadinha”, como é conhecida, é a atleta mais jovem da história do Brasil a subir ao pódio em Olimpíadas. Aos 13 anos e 203 dias, bateu de longe o recorde de Rosângela Santos, que levou o bronze em Pequim 2008, com 17 anos no 4x100m do atletismo. Além disso, a garota é, também, a mais jovem brasileira a participar dos Jogos. A marca anterior era de Talita Rodrigues, nadadora que foi finalista no 4x100m livre em 1948, nos Jogos de Londres. Na ocasião, tinha 13 anos e 347 dias.

Com a conquista de Rayssa, o Brasil chegou a sua terceira m,edalha olímpica, sendo a segunda no skate street.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui