Fiocruz entrega mais 5,8 milhões de doses da vacina Astrazeneca/Oxford ao Ministério da Saúde

A Fundação Oswaldo Cruz entrega, nesta sexta-feira (30), ao Ministério da Saúde mais uma nova remessa de 5,8 milhões de doses da vacina Astrazeneca/Oxford. Com esta nova remessa, a Fiocruz chega a sua maior entrega, desde o início da produção do imunizante.

A Fiocruz prevê, para o mês de junho, a entrega de 34,2 milhões de doses. Para o mês de julho a previsão é conseguir entregar 22 milhões de doses do imunizante.

A Fundação Oswaldo Cruz poderá ter um grande problema, pois pode não conseguir produzir doses em agosto por conta da falta do insumo farmacêutico ativo (IFA). A entrega das doses feitas com o IFA produzido no Brasil, esperada para agosto, vai ficar apenas para o mês de outubro. A fundação tem pelo menos dois caminhos para tentar evitar a interrupção da entrega da vacina: ou a celebração de um novo contrato para fornecimento do insumo farmacêutico ativo (IFA) da China, ou a contratação de novas doses prontas.

Na última quarta-feira (26) o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que fechara o acordo, na próxima semana, para que a produção dos insumo aconteçam no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui