Pra que fechar tudo?

“Já assistimos essa conversa fiada antes, se fechamento resolvesse, países como Argentina, Peru, Inglaterra, Itália e Alemanha, isso sem falar em estados como São Paulo, alguns estados nordestinos e alguns estados americanos governados pelo partido de esquerda do Estados Unidos estariam com números abaixo dos lugares em que não houve o famigerado lockdown.”

Por Tiago Augusto

Quando todos nós imaginávamos que a situação estaria caminhando para a normalidade, vacinas chegando, quando os cientistas de botequim resolveram atacar novamente, tranca tudo, é o mundo se acabando!

Já assistimos essa conversa fiada antes, se fechamento resolvesse, países como Argentina, Peru, Inglaterra, Itália e Alemanha, isso sem falar em estados como São Paulo, alguns estados nordestinos e alguns estados americanos governados pelo partido de esquerda do Estados Unidos, estariam com números abaixo dos lugares em que não houve o famigerado lockdown.

Na contramão disso tudo, quem zerou os casos sem fechar nada foi Búzios-RJ, adotando tratamento precoce.

Essa turminha do “economia a gente pensa depois”, essa gente limpinha que sempre viveu de mesada e paga de moralista contra quem tem que ganhar a vida, pegar ônibus – aliás, as imagens dos ônibus lotados depois dos decretos dos tranca ruas goianos seria no mínimo constrangedora, se eles tivessem algum pingo de vergonha na cara – e vender o almoço para comprar a janta (daria até mais lucro, basta olhar o preço dos alimentos).


Leia também: O Brasil cansa…


Existem aqueles que tem medo da mídia mas tem medo de represália da população, o prefeito de Anápolis é um excelente exemplo. Enquanto nas eleições do ano passado o Tribunal Superior Eleitoral estendeu o horário de votação para não gerar aglomerações, em Anápolis, o tranca rua decidiu limitar o funcionamento do comércio, não sei se é disfunção cognitiva ou sacanagem mesmo. Não precisa ser nenhum expert para deduzir que, achatando o horário de funcionamento das atividades comerciais as pessoas tem que ir todas ao mesmo tempo nos locais, isso vai gerar filas, estresse e a tal da aglomeração, palavrinha mais dita de um ano para cá.

Há de se mencionar os milhões distribuídos aos estados e municípios para modernização do sistema de saúde, compra de remédio, contratação de profissionais, o que foi feito com esse dinheiro? Aguardemos o covidão nos próximos anos, já teve até respirador sendo comprado em adega de vinhos, no Amazonas.

Estudos feitos em universidades americanas, alemãs, dinamarquesas e inglesas já demonstraram os perigos de fechar as pessoas em casa, fora o óbvio aumento do desemprego, aumento de alcoolismo, aumento de problemas mentais como a depressão, aumento de casos de suicídio, a longo prazo, a diminuição da expectativa de vida.

Ciência e números são como prostitutas, pagando, você faz o que quiser. Só o desrespeito civil, movimentação das pessoas podem fazer com que a situação volte ao normal, foi assim em búzios. Esses xiitas do lockdown tem medo de pessoas na rua, confiam na adesão servil de suas vontades pois sabem que não existe como fiscalizar toda a gente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui