Goiás chega a 97% da ocupação dos leitos de UTI da covid nesta segunda e tem maior taxa de ocupação desde o início da pandemia

Devido a nova variante da Covid-19 estar em ritmo acelerado de contaminação no Estado, a ocupação de pacientes em leitos de UTI em estado grave se aproxima dos 100%.  Na tarde desta segunda-feira (01) o número de ocupação chegou a 97,05%, número recorde desde o início da pandemia. A ocupação das enfermarias apresenta também números altíssimos, 84,15%.

Em todo o Estado existem atualmente 407 leitos reservados a pacientes com a Covid-19. Este número cresceu, pois, até 14 fevereiro, eram apenas 274. No entanto, mesmo com o aumento de leitos, o número de pacientes graves vem aumento a cada dia.

Goiás está em estado crítico em relação ao número de casos da doença. O último mapa epidemiológico divulgado no fim da última semana, mostra que 17 macroregiões estão em estado de calamidade, sendo apenas 1 região, Nordeste II, que se ausenta, no entanto está em situação crítica.

Com este percentual, dos 246 municípios goianos, apenas 11 não estão em situação de calamidade. Assim 95,5% do Estado se encontra em situação preocupante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui