Mapa técnico da Secretaria de Saúde do Estado mostra que 36% dos municípios estão em estado de calamidade

Após reunião do governador, Ronaldo Caiado (DEM), com os prefeitos goianos foi divulgado o mapa regional do Estado como relação a situação pandêmica enfrentada. As seis regiões que estão em situação de calamidade correspondem a 89 municípios no Estado. O número destas cidades possui representatividade de 36,1% do total de cidades do estado, e somam 1,681 milhão de habitantes (25,7% da quantidade geral).

Apresentam situação mais delicadas em relação a covid-19 as regionais Entorno Sul, que tem cidades como Águas Lindas, Luziânia e Valparaíso; Estrada de Ferro, com Catalão e Caldas Novas; Nordeste II, com Posse; Oeste I, com Iporá; Rio Vermelho, com Itaberaí e Goiás; e São Patrício I.

O critério de elaboração deste mapa seguiu as observações técnicas com base no número de casos, ocupação de leitos e taxas de internação. Sendo também considerada as síndromes respiratórias agudas graves.

Os municípios em situação crítica correspondem a 107 (43,4%) e somam quase 3,7 milhões de habitantes.

Nesse cenário estão cidades como Goiânia, Aparecida de Goiânia, Jataí, Itumbiara, Senador Canedo, Trindade, Goianésia e Formosa.

Estas cidades, segundo o mapa, possuem a cor laranja e tem maior flexibilização das atividades em geral.

50 municípios goianos apresentam situação tranquila em relação a contaminação e casos grave, permanecendo, portanto, apenas em estado de alerta. Entre eles estão Anápolis, Rio Verde, Santa Helena, Pirenópolis e São Luís de Montes Belos.

Estando nessas condições, estes municípios podem manter o funcionamento de todas as atividades, no entanto, obedecendo os protocolos gerais.

É preciso lembrar que os municípios possuem total autonomia na elaboração das medidas restritivas no enfrentamento da covid-19, com base na Lei 13.979/2020. O que o governo do Estado apresenta são recomendações, que por hora exigem serem adotadas, segundo uma análise técnica e geral da situação do sistema de saúde.

SEGUE AGORA O LEVANTAMENTO DO DG SOBRE O CENÁRIO DOS MUNICÍPIOS GOIANOS

SITUAÇÃO DE CALAMIDADE – 89 municípios (36,1%). População de 1.681.952 (25,7%)

Entorno Sul – População: 812.707 habitantes

Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Luziânia, Novo Gama, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

Estrada de Ferro – População: 286.433 habitantes

Anhanguera, Caldas Novas, Campo Alegre de Goiás, Catalão, Corumbaíba, Cumari, Davinópolis, Goiandira, Ipameri, Marzagão, Nova Aurora, Ouvidor, Palmelo, Pires do Rio, Rio Quente, Santa Cruz de Goiás, Três Ranchos e Urutaí.

Nordeste II – População: 100.179 habitantes

Alvorada do Norte, Buritinópolis, Damianópolis, Guarani de Goiás, Iaciara, Mambaí, Nova Roma, Posse, São Domingos, Simolândia e Sítio D’Abadia.

Oeste I – População: 116.841 habitantes

Amorinópolis, Aragarças, Arenópolis, Baliza, Bom Jardim de Goiás, Diorama, Fazenda Nova, Iporá, Israelândia, Ivolândia, Jaupaci, Moiporá, Montes Claros de Goiás, Novo Brasil, Palestina de Goiás e Piranhas.

Rio Vermelho – População: 199.333 habitantes

Americano do Brasil, Araguapaz, Aruanã, Britânia, Faina, Goiás, Guaraíta, Heitoraí, Itaberaí, Itapirapuã, Itapuranga, Jussara, Matrinchã, Mossâmedes, Mozarlândia, Nova Crixás e Santa Fé de Goiás.

São Patrício I – População: 167.159 habitantes

Campos Verdes, Carmo do Rio Verde, Ceres, Crixás, Guarinos, Ipiranga de Goiás, Itapaci, Morro Agudo de Goiás, Nova América, Nova Glória, Pilar de Goiás, Rialma, Rianápolis, Rubiataba, Santa Isabel, São Luiz do Norte, São Patrício, Santa Terezinha de Goiás, Uirapuru e Uruana.

SITUAÇÃO CRÍTICA (107 municípios) 43,4%. População: 3.692.443 habitantes (56,6%)

Central – População: 1.781.530 habitantes

Abadia de Goiás, Anicuns, Araçu, Avelinópolis, Brazabrantes, Campestre de Goiás, Caturaí, Damolândia, Goiânia, Goianira, Guapo, Inhumas, Itaguari, Itauçu, Jesúpolis, Nazário, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Petrolina de Goiás, Santa Bárbara de Goiás, Santa Rosa de Goiás, Santo Antonio de Goiás, São Francisco de Goiás, Taquaral de Goiás e Trindade

Centro-Sul – População: 849.421 habitantes

Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Caldazinha, Cezarina, Cristianópolis, Cromínia, Edealina, Edéia, Hidrolândia, Indiara, Jandaia, Leopoldo de Bulhões, Mairipotaba, Orizona, Piracanjuba, Pontalina, Professor Jamil, São Miguel do Passa Quatro, Senador Canedo, Silvânia, Varjão Vianópolis e Vicentinópolis.

Entorno Norte – População: 248.821 habitantes

Água Fria de Goiás, Alto Paraíso, Cabeceiras, Flores de Goiás, Formosa, Planaltina, São João D’Aliança e Vila Boa

Nordeste I – População: 45.686 habitantes

Campos Belos, Cavalcante, Divinópolis de Goiás, Monte Alegre de Goiás e Teresina de Goiás.

Norte – População: 140.321 habitantes

Bonópolis, Campinaçu, Estrela do Norte, Formoso, Minaçu, Montividiu do Norte, Mundo Novo, Mutunópolis, Novo Planalto, Porangatu, Santa Tereza de Goiás, São Miguel do Araguaia e Trombas.

São Patrício II – População: 167.391 habitantes

Barro Alto, Goianésia, Itaguaru, Jaraguá, Mimoso de Goiás, Padre Bernardo, Santa Rita do Novo Destino e Vila Propício.

Sudoeste II – População: 215.282 habitantes

Aporé, Caiapônia, Chapadão do Céu, Doverlândia, Jataí, Mineiros, Perolândia, Portelândia, Serranópolis e Santa Rita do Araguaia. 

Sul – População: 243.991 habitantes

Água Limpa, Aloândia, Bom Jesus de Goiás, Buriti Alegre, Cachoeira Dourada, Goiatuba, Gouvelândia, Inaciolândia, Itumbiara, Joviânia, Morrinhos e Panamá.

Situação de alerta 50 cidades (20,3%). População: 1.147.177 habitantes

Pireneus – População: 488.380 habitantes.

Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Campo Limpo, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Gameleira de Goiás, Goianápolis, Pirenópolis e Terezópolis de Goiás.

Oeste II – População: 112.423 habitantes

Adelândia, Aurilândia, Buriti de Goiás, Cachoeira de Goiás, Córrego do Ouro, Firminópolis, Palmeiras de Goiás, Palminópolis, Paraúna, São João da Paraúna, São Luis de Montes Belos, Sanclerlândia e Turvânia.

Serra da Mesa – População: 125.947 habitantes

Alto Horizonte, Amaralina, Campinorte, Colinas do Sul, Hidrolina, Mara Rosa, Niquelândia, Nova Iguaçu de Goiás e Uruaçu.

Sudoeste I – População: 420.427 habitantes

Acreúna, Aparecida do Rio Doce, Cachoeira Alta, Caçu, Castelândia, Itajá, Itarumã, Lagoa Santa, Maurilândia, Montividiu, Paranaiguara, Porteirão, Quirinópolis, Rio Verde, São Simão, Santa Helena de Goiás, Santo Antonio da Barra e Turvelândia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui