Padre Edmilson se pronuncia, em nota, sobre a retirada das palmeiras da igreja Nossa Senhora da Conceição, que causou polêmica em Jaraguá

Segue a nota na integra:

As Palmeiras da Conceição

“Uma árvore caindo faz mais barulho que uma floresta crescendo.” (Papa Francisco)

Eu, pessoalmente, abomino e detesto derrubar uma árvore. Ver as palmeiras imperiais sendo retiradas da porta da igreja centenária de N. Sra. da Conceição não me causou nenhuma alegria, muito menos prazer. Porém é questão de mau menor. Os motivos? Segurança e estética. Integridades do prédio recém reformado, de algum veículo ou, até mesmo, de pessoas, uma vez que, ao reformar o calçamento se percebeu o comprometimento das plantas  quanto à raiz. Questão de estética é que, as palmeiras, infelizmente, comprometiam , claramente, a beleza da fachada do templo. A retirada não foi feita irresponsavelmente, foram feitos  estudos, processos envolvendo órgãos competentes para liberação tanto pra execução quanto para retirada. Foram os bombeiros com todo protocolo e cuidado que executaram. Sinto em ferir o sentimento de muitos, mas as motivações são baseadas na razão e não  na emoção. Ao se perguntarem quem deu a ordem, não haverá resposta objetiva, não foi decisão de uma única pessoa, mas sim dos órgãos e instituições responsáveis.

Obrigado a aquela parcela da população que se manifestou em sua preocupação com esse fato, criticando ou apoiando. Isso é sinal de compromisso com nossa AMADA cidade. Deus abençoe a todos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui